segunda-feira, 12 de julho de 2010

Travessia

3 comentários:

Anônimo disse...

Do aparente finito para o real infinito luminoso... A consciência livre atravessa o mar de luz. Sempre apoiados por condutores sabios e amorosos... Numa alegre dinamica ruma-se para um destino conhecido pela alma: a volta para o lar... A essência trina expressa a Unidade.
Cibele

lais disse...

"Para além ...
Talvez haja um castelo..
E talvez apenas a continuação...
Há beleza bastante em estar aqui ...
Por ora só sabemos que lá não estamos."

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"Canta!

Anônimo disse...

Lindas cores, suavidade de movimentos, sugestão de figuras, Adorei!